5 jogos tradicionais da Espanha

jogos tradicionais da Espanha

Os jogos tradicionais da Espanha eles são aqueles com quem mais de uma geração cresceu. É verdade que eles estão surgindo como os mais conhecidos, mas também é preciso dizer que muitos deles não são mais levados em consideração. Mas mesmo assim, não custa nada que de vez em quando você ensine aos seus filhos um desses que mencionamos.

Mais do que tudo porque as tradições têm de continuar sempre a fazer parte do nosso dia a dia. Além disso, são jogos para compartilhar, se divertir e brincar ao ar livre. De maneira que promove camaradagem, comunicação e muito mais. Vamos fazer um pouco de memória e aproveitar tudo o que se segue!

Um dos jogos tradicionais da Espanha: amarelinha

Não havia criança que não jogasse este jogo. A amarelinha tornou-se uma das mais importantes e originais. Tratava-se de pintar, com um pouco de giz, uma série de caixas no chão. Cada um deles usava um número. Tratava-se de passar por cada caixa em uma perna. Embora se houvesse duas caixas juntas, era possível colocar os dois pés no chão, caso contrário, não. Também não podia pisar nas linhas porque tinha que recomeçar. Outro ponto importante é que antes de começar a pular, atirava-se uma pedra nessa(s) caixa(s) e assim que passávamos, tínhamos que pegá-la, mas tudo isso, em uma perna só.

Esconderijo

Escusado será dizer que é outro dos brincadeiras mais comuns, famosas e divertidas da nossa infância. Um dos jogadores teve que cobrir os olhos e começar a contar. Pode ser até 10, até 20 ou quaisquer regras que você queira definir. Enquanto contam, todo mundo tem que se esconder bem. Quando o tempo acabar, você deve procurar aqueles que estão escondidos, mas se um deles chegar ao ponto de partida, e ainda não estiverem todos escondidos, pode gritar: "Por mim e por todos os meus companheiros", para que aquele que contou, repita a jogada novamente. Aquele que chega, enquanto os outros estão escondidos, apenas gritará: 'Para mim'.

As bolinhas de gude

Com certeza você até colecionava, porque aquelas bolinhas coloridas também faziam as crianças daquela época passarem longas tardes brincando. Eles foram colocados no chão e depois de dar-lhes um leve golpe como uma pitada, você tinha que levá-los para o buraco ou a área marcada no chão. O jogador com mais bolinhas naquela área seria o vencedor do jogo. Diz-se que este jogo, embora com algumas variantes, tem séculos de história.

jogo de bolinhas

elástico

Você pode conhecê-lo por outro nome, mas era um elástico que a princípio era preto, mas depois surgiram versões coloridas para torná-lo mais visível. Dois jogadores foram colocados, um na frente do outro com a referida borracha atrás dos tornozelos.. Havia uma música que condizia com o jogo e conforme avançava a fase do tornozelo, os jogadores levavam a borracha até os joelhos, quadris e até segurando com as mãos. O terceiro jogador era aquele que ficava no meio e seguia as etapas seguindo aquelas músicas. Diferentes níveis de dificuldade, mas sempre muito divertido!

Pular corda

Também tinha suas músicas e sua coreografia para poder ser pulada. Portanto, não pense que foi apenas pular, como você pode ver na academia. Dois jogadores lhe deram ritmo e o terceiro entrou em ação. Às vezes a corda ia mais rápido e outras vezes mais devagar, dependendo da música que seguiam. É também mais uma daquelas alternativas que têm deixado tardes de diversão intermináveis, mesmo durante as férias escolares.


Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.