Eles podem dizer que é um menino e depois ser uma menina?

Eles podem dizer que é um menino e depois ser uma menina?

Muitos pais dão grande importância ao conhecimento do sexo do bebê antes de ele nascer. Outros pais continuam curiosos e esperam conhecê-lo no dia do seu nascimento. O ultrassom da semana 20 já pode analisar se o bebê será menino ou menina, mas eles podem dizer que é um menino e depois ser uma menina?

O erro é mínimo, mas pode ocorrer uma série de consequências que fazem com que uma previsão errônea seja mantida. Por que acontece? Um dado mal diagnosticado é difícil de manter até o dia da entrega, uma vez que existem vários ultra-sons que mantêm essa afirmação em mais de uma ocasião.

Geralmente acontece que nas primeiras ultrassonografias é especificado que é um menino e depois na última confirmam que é uma menina. Ou vice-versa. Analisamos quais são os motivos e por que esse tipo de erro pode existir.

Existem erros sobre o sexo do bebê ao fazer ultrassons de rotina?

erros podem ser cometidos, embora a probabilidade de cometer um dado ruim eHá entre 5% de ultra-sons que são praticados Em outras palavras, a taxa de sucesso pode variar de 95%. No entanto tudo vai depender da facilidade do feto para ser visto em todas as ultrassonografias e a previsão do próprio ultrassonografista para avaliar o que ele está observando naquele momento.

Na 20ª semana de gestação Dados claros sobre o sexo do bebê já podem ser dados através de um ultrassom convencional. Há ginecologistas que se atrevem a dar um pouco antes da 20ª semana, em seu consultório particular. Devido à segurança social, não é possível adquirir esses dados e é por isso que eles preferem certificar-se no momento certo.

Eles podem dizer que é um menino e depois ser uma menina?

Com 12 semanas de gestação Os dados sobre o sexo do bebê já podem ser obtidos por meio de uma ultrassonografia, pois a direção do nódulo é avaliada. Se apontar na vertical, é provável que seja um menino, mas se for observado na horizontal, a previsão é que seja uma menina. Mesmo sendo capaz de fazê-lo na semana 12, é melhor esperar até a semana 20 para dados mais específicos e relacionados.

O bebê pode mudar de sexo durante a gravidez?

A resposta é não. Desde o momento da concepção, o bebê já contém toda a informação genética para se desenvolver, É o momento em que se estabelece se será menino ou menina. Portanto, o sexo não muda durante a gravidez. O fato de se fazer um exame de imagem e se observar se é menino ou menina, será um momento que coincide com a visão afirmativa do ginecologista.

Acertar o sexo do bebê dependerá da posição do feto junto a outras estruturas, às vezes corta o que não é, ou faz você duvidar do seu prognóstico. Há mais chance de confusão quando se diz que é um menino e depois é uma menina. Mas tem tudo, também tem muitos casos em que se observa que é menina e depois é menino.

Eles podem dizer que é um menino e depois ser uma menina?

Um exame de sangue determina se será menino ou menina

Hoje tem um teste onde o sangue da mãe é necessário para saber o sexo do bebê. A extração não é nada invasiva e onde o bebê não sentirá nada. Seu resultado tem alto índice de confiabilidade e pode ser realizado com 8 semanas de gestação.

Este teste é realizado analisando o DNA fetal livre que está presente no plasma da mãe. Ao fazer um exame do sangue materno verifica-se o sexo, caso apareça o gene SRY (presente no cromossomo Y) será masculino. Também será testado quanto à presença do gene SRY.

Este teste está ligado a casais que eles precisam saber o sexo do bebê para qualquer circunstância, incluindo suas próprias dúvidas sobre não serem capazes de prever adequadamente o sexo usando o ultrassom. Outros casos são associados quando precisam saber por causa de histórico familiar de doenças genéticas.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.