Pressoterapia na gravidez: Conheça seus benefícios e perigos

Grávida

Peso, inchaço e aparecimento de veias varicosas São comuns durante a gravidez, especialmente durante o terceiro trimestre devido à retenção de líquidos. E cada vez mais mulheres procuram aliviar esses desconfortos através da pressoterapia. Mas a pressoterapia é indicada durante a gravidez?

Pressoterapia, sempre sob acompanhamento médico, pode ser uma ótima ferramenta para lidar com certos desconfortos. Seus benefícios podem ser inúmeros, porém é preciso saber quando não é aconselhável utilizá-lo e onde não deve ser aplicado para evitar riscos. Falamos sobre tudo isso hoje!

O que é pressoterapia?

A pressoterapia é uma técnica não invasiva e indolor que melhora a circulação sanguínea e estimula o sistema linfático, aplicando pressão de forma controlada em determinados tecidos, geralmente nas extremidades. Dessa forma, cria-se um gradiente de pressão que favorece o retorno venoso e linfático.

Pressoterapia

Para a aplicação da pressoterapia, terno de função pneumática adaptado a cada parte do corpo, com diversas câmaras que se encarregam de distribuir a pressão do ar de forma ascendente pelas zonas do corpo a tratar.

Por que é recomendado durante a gravidez?

La Retenção de liquidos Produzida pelo aumento da volemia, alterações da permeabilidade vascular e dificuldade circulatória na gestante, gera inúmeros desconfortos durante o terceiro trimestre, que podem durar até semanas após o parto.

Estima-se que 70% das mulheres grávidas sofrem peso, inchaço e dor, principalmente nas pernas nessa fase da gravidez. Para minimizar esses sintomas e ajudar a controlar ou prevenir a celulite, a pressoterapia é recomendada em muitos casos, pois drena o excesso de líquido dos tecidos.

Benefícios

Os benefícios da pressoterapia em gestantes, sempre claro que o tratamento é indicado e aprovado por um profissional, são numerosos, pois o tratamento além de aliviar desconfortos, melhora esteticamente a pele. Especificamente, estes são os benefícios mais importantes:

  • Minimiza a retenção de líquidos reduzindo assim o inchaço e o peso das pernas, tornozelos e até pés.
  • É um tratamento preventivo eficaz para aparecimento de varizes
  • Ajuda a prevenir riscos de possível trombose venenoso no período final da gravidez e durante o parto.
  • Isso ajuda a melhorar a aparência da pele.

Perigos

E quais são os seus perigos ou contra-indicações? Especialmente durante a gravidez, a pressoterapia aplicada incorretamente pode danificar os vasos sanguíneos ou causar desconforto à mãe e ao feto. Para evitá-lo nunca deve ser aplicado nas primeiras 12 semanas, Deve ser sempre supervisionado por um profissional e realizado com a frequência adequada de acordo com as suas instruções.

Quando e onde deve ser aplicado?

Como já mencionamos, a pressoterapia em gestantes nunca deve ser realizada durante as primeiras 12 semanas de gravidez. É contraindicado, portanto, durante o primeiro trimestre. Após esse período, poderá ser aplicado com limitações Sempre evitando a região do abdômen.


A pressoterapia em gestantes é aplicada geralmente nas extremidades, coincidindo com os meses em que o desconforto pela retenção de líquidos é maior. O normal é aplicá-lo desde a parte superior das coxas ou região inguinal até o pé, às vezes limitando-o do joelho aos pés.

A pressoterapia nunca deve ser aplicada nas primeiras 12 semanas nem na região da barriga Durante a gravidez. Sim, repetimos, mas é importante fazê-lo porque os perigos não são triviais, na verdade são importantes porque podem afetar o feto.

Grávida no médico

Conclusão

Se você está pensando na pressoterapia como método para aliviar desconfortos durante a gravidez, peça sempre orientação ao seu especialista para saber se é recomendado ou contraindicado no seu caso. Caso tenha aprovação, siga também as orientações sobre a frequência das sessões e realize-as sempre em local especializado e sob supervisão de profissionais.

A pressoterapia durante a gravidez pode trazer inúmeros benefícios, mas lembre-se que nem sempre é recomendada.


Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.